A corrida de cinco bilhões de dólares para construir a melhor bateria
O universo da eletricidade tem movimentado um mercado cada vez mais exigente quando se trata de baterias. As companhias mais jovens têm lançado o desafio de formar novos projetos a partir do uso de combustíveis fosseis, contando com novos modos de utilizar meios como a energia solar e a energia eólica para estocar energia no mercado das baterias.
A corrida de cinco bilhões de dólares que é introduzida à indústria química tem uma mensagem explicita: Formar um recurso de energia projetado a décadas, que seja barato, de longa vida e limpo, longe das baterias tradicionais que trabalham com rendimento reduzido.
Numa parceria entre o professor Donald Sadoway e Bill Gates, foram discutidos tópicos vinculados ao progresso das baterias em função da energia solar ou eólica, trabalhando com eletricidade por combustíveis fosseis.

tesla.1x519_0
Com o suporte do famoso bilionário, Sadoway reuniu cientistas e companhias mais jovens para começarem a busca por uma solução ao seu problema: Como armazenar e distribuir energia além do tempo com recursos sustentáveis seria viável a partir do uso de alternativas de combustíveis fosseis.
Os projetos, que buscam projetar uma bateria altamente poderosa e ainda sustentável, sustentam debates pelas conferencias de tecnologia do mundo inteiro.
O projeto de energia
Os atuais produtos da indústria de energia não conseguiriam promover corridas de mais de 160 quilômetros para carros elétricos, contando com cerca de $400 por quilowatt/hora em sua projeção.
Desenvolver um sistema acima desses padrões, sendo capaz de renovar o valor de energia dos veículos elétricos e demais dispositivos que contam com energia, será uma tarefa carregada de altas pesquisas e custos.
Considerando que as turbinas de ar representam 45% da produção energética norte-americana, enquanto a energia solar desenvolve 34% de sua capacidade pelo mundo inteiro, é o tempo certo para investidores começarem a desenvolver seus novos projetos com a energia. O alto custo vem em sustentar a energia enquanto não há sol brilhando no céu ou nenhuma brisa circulando pela região. Aos investidores de projetos de baterias sustentáveis, isso pode mudar.
Com investimentos na tecnologia deste mercado que vão além dos $5 bilhões, eles apostam que as novas baterias poderão segurar energia limpa suficiente para mover um carro, acender uma casa ou uma região a partir do armazenamento de energia eolica e raios solares em fazendas, considerando que toda a energia suja seria tornada “verde” pela substituição de geradores de energia que usam combustíveis fosseis. GatesWindowsXP_thumb
Os investimentos de Gates e Sadoway
Ambos os investidores tem arrecadado altos valores desde 2011 para ajudar companhias vinculadas ao projeto a desenvolverem a produção das baterias com base em recursos fósseis. O poder estipulado poderia abastecer carros e casas, com vendas esperadas no mercado ainda no ano que vem.
Além de empresas conhecidas, muitas startups têm investido no projeto, oferecendo seus próprios recursos e estudos para a pesquisa de armazenamento de energia fóssil em baterias de melhor resistência. 1_Tesla-Battery-750x400
A corrida tem desenvolvido potenciais, benefícios e cenários para as baterias, com uso de tecnologias variadas. A melhor bateria do mundo terá forma ainda em 2016? Teremos que esperar para ver.

Gostou Compartilhe!